Vai mudar de bairro? 5 dicas podem te ajudar na fase de adaptação
Please reload

Posts Recentes

Caminhão de Mudança: Como organizar uma mudança residencial

December 15, 2017

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

Vai mudar de bairro? 5 dicas podem te ajudar na fase de adaptação

May 22, 2019

 

Você pensa em respirar novos ares, mas mudar para outro imóvel gera algumas dúvidas: será que eu vou encontrar o que procuro? Como minha família vai se adaptar a um novo bairro?

 

Fique calmo, podemos ajudá-lo com algumas dicas simples que facilitarão o seu planejamento.

 

A socialização e a construção dos sonhos para cada membro da família estão relacionadas com a rotina de cada um. Tudo se resume a ser feliz onde estiverem. A adaptação a novos ambientes é naturalmente possível e para muitos pesquisadores especialistas em comportamento humano ajuda no crescimento e desenvolvimento do indivíduo.

 

 

1. Envolva as crianças na escolha

 

Como as crianças são movidas quase totalmente por sentimentos e não por razão, o seu envolvimento na hora de planejar uma mudança ajudará no processo de adaptação. Mostrar para elas que fazem parte das decisões da família minimiza o trauma de deixar para trás suas conquistas, amizades e apegos habituais em seu atual endereço. Saber influenciar a ideia de mudança como se fosse a vontade delas será uma jogada de mestre, com recompensas satisfatórias.

 

A presença dos pequenos nas visitas aos imóveis desperta questionamentos internos que são importantes quando colocados para fora. Deixe que participarem com opiniões e apontem o que mais gostaram.

 

No caso de insatisfação, argumente para compreenderem o lado bom, amenizando o incômodo de ter que se adaptar a um novo bairro. Passear em torno da futura residência, como nos parques, praias e outros lugares de entretenimento fará com que elas sintam o ambiente divertido, despertando a empolgação e interesse por novos hábitos.

 

Um detalhe muito importante é nunca mentir. A mudança pode se transformar em uma surpresa traumática, causando problemas psicológicos. Você não vai querer que a confiança construída entre você e seus filhos seja afetada, não é mesmo?

 

Lembre-se que a mudança de escola e formação novas amizades também não é tão fácil. Eles terão novos desafios pela frente: novos professores e métodos de ensinos diferentes, relacionamentos entre crianças de outra escola. Nesse caso, conversa e muita paciência podem ser o caminho para passar pela adaptação com menos dificuldade. Um condomínio fechado com itens de lazer pode ajudar na interatividade com novos amigos.

 

 

2. Seja amigo e confiável para os adolescentes

 

Com os adolescentes também é bastante delicado. Estão em um momento de descobertas e desafios e é quando as amizades sinceras surgem para durar a vida inteira. Uma mudança para um lugar distante pode significar o fim da alegria e início de um período de insatisfação e não pertencimento.

 

No caso de bairros distantes, a possibilidade de pouco contato com as amizades e namoros já existentes pode causar muito desconforto, sendo motivo para chantagens e comportamentos de revolta. Nesses casos a aproximação por meio da amizade e confiança nos pais é muito importante.

 

Aqui, um bom jogo de cintura é fundamental. É preciso negociar como serão os contatos e horários para esses encontros. A escolha da nova escola também é outro fator importante. Mas, em alguns casos, pensando em uma forma de transporte segura, o adolescente poderá continuar na mesma instituição e assim se adaptar melhor ao novo bairro.

 

 

3. Conheça os atrativos para se adaptar a um novo bairro

 

Normalmente um dos motivos de escolher um bairro para morar é algum atrativo que facilite a vida — quer seja profissional ou de lazer, certo? Com relação ao trabalho, o lado positivo de ser perto da empresa é a economia, além de melhor aproveitamento do tempo do dia, podendo tomar café da manhã com mais calma, por exemplo.

 

Mas se no seu caso a empresa ficar distante, é bom pesquisar as alternativas para transporte e bons trajetos. Mesmo que utilize o seu próprio carro, conhecer as melhores vias evitará congestionamentos.

 

A proximidade de parentes ajuda em muitas ocasiões. Como já conhecem as redondezas, poderão apresentar os benefícios daquele bairro. Além disso, as festas e eventos familiares serão mais frequentes.

 

Ter amigos morando na mesma rua é uma boa motivação para sair numa quinta-feira e tomar aquela cervejinha num Happy Hour, não é mesmo? Não há ninguém melhor para mostrar todos os atributos bairristas proporcionados para sua diversão.

 

 

4. Tenha atenção especial com os idosos

 

Como já estão habituados com o estilo de vida que o atual imóvel oferece e as opções de lazer ao seu redor, você precisará pensar em como preservar seu estilo de vida. Um centro de convivência para atividades recreativas pode ajudar a preencher as lacunas do dia a dia.

 

Vale lembrar também que um bom hospital próximo passa mais tranquilidade, pois saberão que em qualquer necessidade o socorro não vai demorar para chegar. Aos que estão gozando de boa forma física, facilidade de acesso ao transporte público e boa estrutura de calçadas serão grandes motivadores para locomoção para outros lugares.

 

 

5. Observe o comportamento dos pets

Para o seu animal de estimação se adaptar a um novo bairro com menos sofrimento você precisa ficar atento à sensibilidade dele — a audição, por exemplo. Ele pode ter alteração de humor e comportamento se estiver acostumado com um bairro silencioso e se mudar para um bastante movimentado. O barulho de obras e veículos de grande porte vai incomodá-lo no início.

 

Passear com o seu pet, separar um momento para brincadeiras e fazer exercícios constantemente são atitudes benéficas para a adaptação e relaxamento. Se for possível, consiga que ele fique em um ambiente mais isolado de barulhos enquanto todos estiverem fora em suas atividades cotidianas durante o dia. Assim, o animal não fica estressado nem inseguro por estar sozinho em um lugar desconhecido.

 

Adaptar-se a um novo bairro é uma condição importantíssima para o futuro de todos. Fazer uma pesquisa pela cidade procurando pelo bairro ideal o ajudará a escolher o que melhor se encaixa na rotina de todos. Depois de escolhido, conheça as ruas nos períodos de maior trânsito, no fim da noite e no começo do dia. Assim, você evita surpresas.

 

Agora que você conheceu 5 dicas para facilitar o processo de se adaptar a um novo bairro — e a segurança está entre as suas prioridades de bem-estar —, confira 8 vantagens de se morar em condomínio fechado em BH!

 

 

 

Fonte: Blog Valor e Imóveis

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga